31 janeiro, 2013

Comunicado do Lar Escola da Criança de Maringá

Fundo para a Infância e Adolescência - FIA
Tendo em vista a necessidade de informar à Receita Federal o valor, o nome e CPF das pessoas físicas e jurídicas que realizaram destinação ao FUNDO PARA INFANCIA E ADOLESCENCIA, o Lar Escola da Criança de Maringá, solicita aos contribuintes que  encaminhem cópia do boleto e comprovante de recolhimento bancário, com nome completo e CPF ou CNPJ. Esse processo é muito importante para evitar divergências quando da apresentação da declaração de imposto de renda. As cópias devem ser enviadas até o próximo dia 7 de fevereiro. 
As destinações de pessoa física para o FIA podem ser realizadas até 31 de abril de 2013, podendo essa destinação ser apresentada como destinação referente ao ano base de 2012. Nesse segundo período, as destinações são de até 3% do valor devido do imposto. Para os contribuintes que já dispõe de boleto para esse segundo período de recolhimento, é necessário QUE ENTREM EM CONTATO COM A ENTIDADE, PARA EFETUAR A TROCA/SUBSTITUIÇÃO DO BOLETO, VISTO QUE POR DETERMINAÇÃO DA RECEITA FEDERAL O NÚMERO DA CONTA E O CNPJ DEVERÁ SER DIFERENTE DO UTILIZADO NO ANO DE 2012. Sobre esse assunto, outros esclarecimentos podem ser buscados junto ao órgão gestor desse fundo: CONSELHO MUNICIPAL DE DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - fone 44 3221-6415. Outras informações pelo fone: 44 3227-3030 ou pelo  

Bote Fé em Maringá será nos dias 9 e 10 de fevereiro


No mês de fevereiro, os principais símbolos da Jornada Mundial da Juventude vão percorrer todas as dioceses do Paraná. A passagem da Cruz Peregrina e do Ícone de Nossa Senhora faz parte do evento Bote  que, em Maringá, será realizado nos dias 9 e 10 de fevereiro. Organizado pela Arquidiocese de Maringá, o evento conta com o apoio da Associação Comercial (ACIM), Associação dos Profissionais de Propaganda (APP) e do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau. 

Os símbolos serão recepcionados às 15h do dia 9 (sábado), nas proximidades do Shopping Catuaí, e vão sair em Peregrinação por entidades assistenciais da cidade. Às 20h, na Catedral, haverá Missa celebrada por Dom Anuar Battisti e, ao final da Celebração, uma Via Sacra será realizada em torno da Igreja. Uma passeata pela Avenida Tiradentes está programada para as 23h.

A partir da meia-noite, terá início uma vigília conduzida pelas Regiões Pastorais da Arquidiocese que vai perdurar durante toda a madrugada. Às 8h do dia 10 (domingo), os símbolos vão continuar a peregrinação pelas entidades e retornará para a Catedral para atividades externas. A tarde será animada pelo DJ Ed Maria, Ministério de Artes Renascer (MAR) e Ministério de Dança São Miguel, e, às 16h, uma missa celebrada por Dom Anuar. Após a celebração, haverá shows de artistas católicos na Praça da Catedral. Entre as atrações, está a banca Capella e a cantora de axé católico, Jake. 

Jacquelinne Michelly Santos Trevisan, a Jake, é natural de São Paulo, mas está ganhando todo o Brasil. O seu mais recente sucesso, “Pó Pará com Pó”, é de composição da própria cantora e já ultrapassou os 800 mil acessos no Youtube. O hit já foi cantado por Daniela Mercury, Chiclete com Banana e Ivete Sangalo, que dividiu o trio elétrico com Jake em Natal (RN).

O encerramento está previsto para às 22h30.

A Cruz
A Cruz de Madeira de 3,8 metros foi construída e colocada como símbolo da católico próximo ao altar principal da Basílica de São Pedro durante o Ano Santo da Redenção (1983 a 1984). O símbolo ficou conhecido por diversos nomes. Muitos a denominaram de “Cruz dos Jovens” porque ela foi entregue a juventude pelo Papa João Paulo II que pediu aos jovens que levassem a cruz por todo o mundo.

Em 1994, a cruz  ganhou um novo compromisso que, atualmente, já é uma tradição. Ela percorre as dioceses do país sede de cada JMJ internacional, como meio de preparação espiritual para o evento. É a primeira vez que o Brasil recebe a Jornada Mundial da Juventude.
O Ícone de Nossa Senhora
Em 2003, na 18ª Jornada Mundial da Juventude, o papa João Paulo II confiou aos jovens mais um símbolo para percorrer o mundo juntamente com a Cruz da JMJ. O Ícone de Nossa Senhora é uma cópia contemporânea de um sagrado e antigo ícone encontrado na primeira e maior basílica Santa Maria Maior, no Ocidente.
Preparação
Em preparação a Jornada Mundial da Juventude, jovens católicos realizaram a ação evangelizadora “Rio que Cresce Entre Nós na Arquidiocese de Maringá. O projeto foi uma iniciativa do Regional Sul II da CNBB e envolveu jovens de praticamente todas as 56 paróquias em uma experiência missionária que também arrecadou fundos para as despesas com a JMJ. No Paraná, o projeto envolveu as 18 dioceses do regional e, também a Eparquia São João Batista (Rito Ucraniano).
Em julho do ano passado, a Arquidiocese promoveu o Bote  na Vida em preparação a Jornada Mundial da Juventude deste ano. O evento ocorreu na tarde do dia 22 e marcou a contagem regressiva para o início da JMJ, que acontecerá no Rio de Janeiro. A caminhada de rua foi animada pelo DJ Ed Maria e mobilizou a juventude católica da cidade.
Além das atividades a nível arquidiocesano, as paróquias também estão se mobilizando. Encontros, formações, retiros, campanhas, rifas e até festas estão sendo organizadas pela juventude para, além de arrecadar fundos para a JMJ, divulgar o maior encontro de jovens católicos do mundo.

Contatos:
Adrielle e Débora: sjdemaringa@gmail.com
Telefone: (44) 3024-0731
Horário de atendimento:
Segunda-feira: das 8h00 às 12h00
Terça-feira: das 19h00 às 22h00
Quinta-feira: das 8h00 às 12h00 e das 17h00 às 21h00

Priscila Dias
Responsável pela Comunicação / Setor Juventude - Arq. Maringá

30 janeiro, 2013

Brasil tem como principal causa de morte entre jovens o homicídio

Em quase todos os países do mundo, assim como no Brasil, as principais causas de mortes entre as pessoas são doenças como as cardíacas, isquêmicas, acidentes vasculares cerebrais, câncer, diarreias e HIV. Mas, outro fator vem ganhando as primeiras posições nas últimas décadas: o da violência. Segundo dados da Vigilância de Violências e Acidentes do Sistema Único de Saúde (Viva SUS 2008-2009), o homicídio tem ficado em terceiro lugar do ranking de causas de mortes dos brasileiros e, estratificando-se pela faixa etária de 1 a 39 anos, este número alcança a primeira posição. Leia a reportagem de Viviane Tavares e publicada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz)

29 janeiro, 2013

Justiça suspende desocupação do Atenas.

Hoje o jornal  “O Diário” noticiou a suspensão da reintegração de posse contra os moradores da ocupação Atenas. Na reportagem de Ivy Valsecchi o Juiz da 5ª Vara Cível suspendeu a reintegração e solicitou a prefeitura apresente um relatório social e um plano de gerenciamento de riscos.

Acertada a decisão do ilustre juiz que na minha opinião agiu com bom senso. Essas famílias não poderiam simplesmente ser colocadas na rua. Há questões sociais e legais que devem ser observadas e mais do que isso, garantidas.  Pois essas pessoas, independente de qualquer argumento,  são seres humanos que merecem respeito e tratamento digno.

28 janeiro, 2013

Em memória dos mortos de Santa Maria

Por  Leonardo Boff

Os antigos já diziam:”vivere navigare est” quer dizer, “viver é fazer uma viagem”, curta para alguns, longa para outros. Toda viagem comporta riscos, temores e esperanças. Mas o barco é sempre atraído por um porto que o espera lá no outro lado. 

Parte o barco mar adentro. Os familiares e amigos da praia acenam e o acompanham. E ele vai lentamente se distanciando. No começo é bem visível. Mas na medida em que segue seu rumo parece aos olhos cada vez menor. No fim é apenas  um ponto. Um pouco mais e mais um pouco desaparece no horizonte. Todos dizem: Pronto! Partiu!

Não  foi tragado pelo mar. Ele está lá, embora não seja mais visível. E segue seu rumo.

O barco não foi feito para ficar ancorado e seguro na praia. Mas para navegar, enfrentar ondas, vencê-las e chegar ao destino.

Os que ficaram na praia não rezam: "Senhor, livra-os das ondas perigosas", mas "dê-lhe, Senhor, coragem para enfrentá-las e ser mais forte que elas".

O importante é saber que do outro lado há um porto seguro. Ele está sendo esperado. O barco está se aproximando. No começo é apenas um ponto levemente acima do mar. Na medida em que se aproxima é visto cada vez maior. E quando chega, é admirado em toda a sua dimensão.

Os do porto dizem: Pronto! Chegou! E vão ao encontro do passageiro, o abraçam e o beijam. E se alegram porque fez uma travessia feliz. Não perguntam pelos temores que teve nem pelos riscos que quase o afogaram. O importante é que chegou apesar de todas as aflições. Chegou ao porto feliz.

Assim é com todos os que morrem. O decisivo não é sob que condições partiram e saíram deste mar da vida, mas como chegaram e o fato de que finalmente chegaram. E quando chegam, caem, bem-aventurados, nos braços de Deus-Pai-e-Mãe de infinita bondade para o abraço infinito da paz. Ele os esperava com saudades, pois são seus filhos e filhas queridos  navegando fora de casa.

Tudo passou. Já não precisam mais navegar, enfrentar ondas e vencê-las. Alegram-se por estarem em casa, no Reino da vida sem fim. E assim viverão para sempre pelos séculos dos séculos.

25 janeiro, 2013

Sugestão de Leitura

Como sugestão de leitura apresento dois texto:

Arquidiocese de Curitiba promove neste sábado formação para líderes que querem atuar nos trabalhos da CF 201


A Arquidiocese de Curitiba promove neste sábado, dia 26, na Cúria Metropolitana um Encontro de Formação de líderes para atuação nos trabalhos da Campanha da Fraternidade 2013, que tem como tema "Fraternidade e Juventude" e lema "Eis-me aqui, envia-me! (Is 6,8)". 
A formação ocorrerá no período da manhã, das 8h30 às 12h, e está sendo preparada pelo Setor Juventude da Arquidiocese.
As vagas são limitadas. Para participar é necessário inscrever-se, enviando  o nome completo e a paróquia a qual pertence para o e-mail:inescosta@arquidiocesecwb.org.br. Dúvidas ou mais informações pelo telefone (41) 2105-6324. A Cúria fica na Av. Jaime Reis, 369, São Francisco - Curitiba (PR).   

Comunidades Eclesiais de Base - CEBs


24 janeiro, 2013

lei aprovada pela Câmara não foi implementada pelo Executivo


Em abril de 2005 foi aprovada pela Câmara de vereadores a Lei  6814/2005, de autoria dos vereadores Belino Bravin (PP) e Márcia Socreppa (PSDB) que determina que o prefeito implante uma sala de primeiros socorros no terminal urbano. A lei foi aprovada tacitamente pela Câmara, ou seja, não foi sancionada pelo prefeito da época Silvio Barros, que tinha como vice o atual prefeito Roberto Pupin (PP).
Sinceramente não tenho nenhuma contrariedade à lei. Porém importante atentar que o texto da lei usa a expressão “pronto socorro”. Qual a concepção da administração municipal para a expressão “pronto socorro”? Deverá contar com médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem?
Por outro lado há uma reivindicação antiga e justa de moradores da Zona 7 pela criação do posto de saúde (UBS) naquele bairro. Salvo engano, a reivindicação era justamente que o posto de saúde fosse construído nas proximidades do terminal urbano. Quem encabeça esse movimento é o combativo “Conselho Popular da Zona 7” que tem comparecido constante  nas  reuniões do Conselho Municipal de Saúde e há tempos vem cobrando do Executivo a construção do posto de saúde. Detalhe, a criação desse posto de saúde foi aprovada na Conferência Municipal de Saúde de 2007 e até hoje não implementada pela administração municipal.  Leia mais

Depoimentos de moradores da ocupação Atenas. Reintegração de posse a qualquer momento sem o aluguel social prometido.

Por Paulo Vidigal
Dezoito famílias que ocupam casas no Moradia Atenas desde outubro do ano passado se reuniram no início da  noite dessa quinta-feira e decidiram que vão permanecer nas casas. Em depoimento, vários moradores disseram que em reuniões anteriores a administração municipal havia lhes prometido que receberiam o aluguel social e não seriam desalojados.  Dias depois a prefeitura recorreu à justiça que recentemente concedeu a reintegração de posse.
Na tarde de hoje os moradores foram impedidos pela guarda municipal de entrar na prefeitura. Na assembléia realizada à noite moradores disseram que hoje ao procurar a administração foram informados, por secretários municipais, que não serão concedidos os aluguéis sociais prometidos anteriormente e que a prefeitura aguarda a reintegração de posse.
As 18 famílias temem ser colocados na rua caso a reintegração de posse seja cumprida e a prefeitura não conceda os aluguéis sociais prometidos anteriormente.
São famílias em condição de vulnerabilidade social que carecem urgentemente da atenção das autoridades.

Depoimentos de moradores da ocupação do Atenas (Maringá). O que a grande...

22 janeiro, 2013

Cesare Battisti apare de surpresa no Encontro Anual da Família de dom Anuar Battisti


Conforme publicado pela Folha de S. Paulo, o ex-terrorista condenado por homicídios na Itália, Cesare Battisti, apareceu de supresa numa festa da família realizada em Toledo. “É um ser humano como qualquer outro, que merece atenção. A discriminação também é um pecado”, disse dom Anuar.
Preso no país em 2007, Battisti está em liberdade desde meados de 2011, quando o Brasil decidiu não extraditá-lo para a Itália, onde foi condenado por homicídios cometidos na década de 1970 por uma organização comunista em que militava. Saiba mais

Administração Pupin corta abono de servidores com menores salários

Por Paulo Vidigal
Com respeito ao reajuste dos servidores no ano passado, a administração Silvio/Pupin manteve um abono de R$ 150,00 e concedeu um abono variável. Com isso propagandeou que nenhum servidor teria um salário menor que R$ 820,00.

Segundo divulgado hoje no site do SISMMAR a administração Pupin cortará esse abono variável. De fato, com o valor do salário mínimo atual e a manutenção do abono de R$ 150,00 o menor salário atingirá o valor anterior. Mas a questão não é essa.                                                            

            É de conhecimento público que foram aprovadas mudanças na estrutura administrativa da prefeitura que permite que a contratação de até 515 cargos comissionados. Ou seja, ao invés de valorizar o servidor de carreira, principalmente os que recebem os menores salários, e não são poucos, a administração prefere contratar um grande número de cargos comissionados (bem remunerados). 

E o servidor de carreira “Ó”...


Lançamento do Texto Base do 13º Intereclesial de CEBs


17 janeiro, 2013

“A morte não tira o fôlego de Pedro Casaldáliga. Sua casa sempre está aberta”

No começo de dezembro de 2012, o bispo Pedro Casaldáliga teve que deixar São Félix do Araguaia, MT, por uma nova série de ameaças de morte. “Ele não queria que seu povo sentisse que estava fugindo”, conta Mari Pepa Rabaque, assim como seu marido, José María Concepción, mora há muitos anos perto de Casaldáliga. Ambos, hoje, nos introduzem nesta história. 
Felizmente, hoje, Pedro volta a estar em sua casa, em sua diocese e com sua gente, no “simples palácio episcopal” que nos descreve Mari Pepa: “Uma casa simples com janelas de madeira e telas contra mosquitos”.
Ambos nos falam da causa indígena pela qual, segundo reconhece José María, “o Governo brasileiro (também) tomou a decisão política clara”, e confessam que “a morte não tira o fôlego de Pedro Casaldáliga”.
Confira a  entrevista de Jesús Bastante e publicada pelo sítio Religión Digital

Na atual administração da cidade de Maringá as perseguições continuam

Por Paulo Vidigal
 De 2002 até 2011, concursado como auxiliar de enfermagem, sempre trabalhei na saúde (postos de saúde, pronto atendimento). Exonerado injustamente, fiquei fora da prefeitura por seis meses e quando fui reintegrado judicialmente fui transferido da Secretaria de Saúde para a Secretaria de Assistência Social.  Recentemente após denunciar que uma diretora fazia uso indevido do patrimônio, tendo inclusive recebido ameaça de morte, fui transferido para um setor em que não existe o cargo de auxiliar de enfermagem. Ou seja, num setor que não exerço a função para o qual fui concursado.  É uma clara demonstração de perseguição política.  Prova disso é que...continue lendo...

Passei num concurso para o Estado, mas não vou sair da prefeitura. - Paulo Vidigal

Passei num concurso para o Estado, mas não vou sair da prefeitura.Resumindo, não foi dessa vez que a “Mudança Continua (?)”  se livrou de mim...Leia na íntegra

16 janeiro, 2013

Polícia Militar do Paraná encerra as inscrições na segunda-feira (21/01)

A Fundação de Apoio à FAFIPA comunica: 
Polícia Militar do Paraná encerra as inscrições na segunda-feira 
A Polícia Militar do Paraná encerra o período de inscrições para Concurso Público na próxima segunda-feira, às 14h do dia 21/01/2013. Os candidatos interessados deverão realizar inscrição no site www.fafipa.org/concurso. 
A Fundação de Apoio à FAFIPA sugere que os candidatos não deixem para a última hora para realizar a inscrição. Sobretudo, porque as inscrições encerram às 14h e, no último dia de inscrição, haverá grande volume de acessos ao site.
A taxa de inscrição do certame é de R$ 85,50. A Prova de Conhecimentos será aplicada na data provável de 24 de Fevereiro de 2013, em horário e local a ser informado através de edital disponibilizado no endereço 
eletrônico www.fafipa.org/concurso e no Cartão de Inscrição do candidato.
A aplicação da Prova de Conhecimento será realizada nas cidades de: Campo Mourão, Cascavel, Curitiba, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Guarapuava, Ivaiporã, Jacarezinho, Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Paranaguá, Paranavaí, Telêmaco Borba, Umuarama e União da Vitória.CARGOS E VAGAS:
- POLICIAL MILITAR:
  4.445 vagas (1ª e 2ª turma)
Remuneração: R$ 3.225,99
Subsídio do Soldado de 1ª Classe Policial Militar
- BOMBEIRO MILITAR:
819 vagas (1ª e 2ª turma)
Remuneração: R$ 3.225,99
Subsídio do Soldado de 1ª Classe Bombeiro Militar

Para Refletir

"Não são os grandes planos que dão certo, mas os pequenos detalhes" (Padre Cícero) 

13 janeiro, 2013

Para refletir


10 anos de governos pós-neoliberais no Brasil

Em primeiro de janeiro de 2013, se cumprem 10 anos desde a posse do governo Lula, que teve continuidade na sua reeleição em 2006 e na eleição da Dilma em 2010. Dessa maneira se completa uma década de governos que buscam superar os modelos centrados no mercado, no Estado mínimo nas relações externas prioritariamente voltadas para os Estados Unidos e os países do centro do sistema.
São governos que, para superar a pesada herança econômica, social e política recebida, priorizam, ao contrário, um modelo de desenvolvimento intrinsecamente articulado com políticas sociais redistributivas, colocando a ênfase nos direitos sociais e não nos mecanismos de mercado. Buscam o resgate do Estado como indutor do crescimento econômico e garantia dos direitos sociais de todos. Colocam em prática políticas externas que dirigem seu centro para os processos de integração regional e os intercâmbios Sul-Sul e não para Tratados de Livres Comércio com os EUA.
Os resultados são evidentes.
O segredo do sucesso do governo Lula, seguido pelo de Dilma, está na ruptura em três aspectos essenciais do modelo neoliberal...leia na íntegra aqui.

11 janeiro, 2013

Apresentação do Grupo Muzenza de Capoeira na cidade de Presidente Prudente

Vou descansar, amanhã as 06h30, nós do Grupo Muzenza de Capoeira de Maringá, vamos para a cidade de Presidente Prudente para uma apresentação de capoeira.

10 janeiro, 2013

PUCPR oferta 2.059 vagas com bolsa do Programa Universidade para Todos


Inscrições para participar do ProUni começam no dia 17 de janeiro e seguem até o dia 21
A PUCPR irá oferecer neste ano 2059 vagas com bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni), do Ministério da Educação (MEC). O processo seletivo para ingressar em uma universidade por meio do programa é composto por duas principais etapas: Inscrição e Comprovação das Informações.

As inscrições começam na próxima quinta-feira (17) e seguem até as 23h59 minutos do dia 21 de janeiro. Devem ser feitas exclusivamente pela internet, por meio do portal do ProUni no endereço http://siteprouni.mec.gov.br. O mesmo site consta o edital que rege o processo.

O resultado dos candidatos pré-selecionados será divulgado em duas etapas. A primeira chamada será divulgada no dia 24 de janeiro; no dia 8 de fevereiro sairá o resultado da segunda chamada. Estes estudantes deverão comprovar as informações na instituição de ensino para a qual concorrem a vaga. O prazo é de 24 a 31 de janeiro, para aprovados em primeira chamada, e de 8 a 19 de fevereiro, para os aprovados em segunda chamada.

Requisitos para a inscrição - Os candidatos concorrem ao Programa com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). É necessário que o aluno tenha prestado o Enem no ano anterior ao processo seletivo do ProUni e ter obtido nota média superior a 450 pontos.

Quem pode se candidatar - alunos que fizeram o ensino médio na rede pública ou na rede particular na condição de bolsistas integrais, cuja renda per capita familiar atenda aos seguintes requisitos:

Bolsas Integrais: renda per capita de até 1 ½ salários mínimos (Ano 2013 R$ 1.017,00);

Bolsas Parciais: renda per capita de até 3 salários mínimos (Ano 2013 R$ 2.034,00)

Além disso, também podem concorrer professores da rede pública de ensino no efetivo exercício do magistério e integrado ao quadro de pessoal permanente da instituição pública (neste caso não é considerado a renda).

06 janeiro, 2013

Texto Base da CF 2013




Clique aqui para ler, imprimir ou fazer download do Texto Base da Campanha da Fraternidade (CF) 2013, cuja temática será juventude.

05 janeiro, 2013

AMELINHA - foi Deus que fez voce

Dom Anuar convida a todas as Familias e os Jovens a estarem participando do Bote Fé a chegada da Cruz e do Icone de Nossa Senhora em Maringá em preparação a JMJ Rio 2013 que estará acontecendo nos dias 09 e 10 fevereiro

O Bolsa Família e a revolução feminista no sertão

Fonte: IHU

A antropóloga Walquiria Domingues Leão Rêgo testemunhou, nos últimos cinco anos, a uma mudança de comportamento nas áreas mais pobres e, talvez, machistas do Brasil. O dinheiro do Bolsa Família trouxe poder de escolha às mulheres.

A reportagem é de Mariana Sanches e publicada pela Marie Claire, 03-12-2012 .Foto: Editora Globo.

Uma revolução está em curso. Silencioso e lento - 52 anos depois da criação da pílula anticoncepcional - o feminismo começa a tomar forma nos rincões mais pobres e, possivelmente, mais machistas do Brasil. O interior do Piauí, o litoral de Alagoas, o Vale do Jequitinhonha, em Minas, o interior do Maranhão e a periferia de São Luís são o cenário desse movimento. Quem o descreve é a antropóloga Walquiria Domingues Leão Rêgo, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Nos últimos cinco anos, Walquiriaacompanhou, ano a ano, as mudanças na vida de mais de cem mulheres, todas beneficiárias do Bolsa Família. Foi às áreas mais isoladas, contando apenas com os próprios recursos, para fazer um exercício raro: ouvir da boca dessas mulheres como a vida delas havia (ou não) mudado depois da criação do programa. Adiantamos parte das conclusões de Walquiria que será publicada em livro.

Mulheres sem direitos

As áreas visitadas por Walquiria são aquelas onde, às vezes, as famílias não conseguem obter renda alguma ao longo de um mês inteiro. Acabam por viver de trocas. O mercado de trabalho é exíguo para os homens. O que esperar, então, de vagas para mulheres. Há pouco acesso à educação e saúde. Filhos costumam ser muitos. A estrutura é patriarcal e religiosa. A mulher está sempre sob o jugo do pai, do marido ou do padre/pastor. “Muitas dessas mulheres passaram pela experiência humilhante de ser obrigada a, literalmente, ‘caçar a comida’”, afirma Walquiria. “É gente que vive aos beliscões, sem direito a ter direitos”. Walquiria queria saber se, para essas pessoas, o Bolsa Família havia se transformado numa bengala assistencialista ou resgatara algum senso de cidadania.

Batom e Danone

“Há mais liberdade no dinheiro”, resume Edineide, uma das entrevistadas de Walquiria, residente em Pasmadinho, no Vale do Jequitinhonha. As mulheres são mais de 90% das titulares do Bolsa Família: são elas que, mês a mês, sacam o dinheiro na boca do caixa. Edineide traduz o significado dessa opção do governo por dar o cartão do benefício para a mulher: “Quando o marido vai comprar, ele compra o que ele quer. E se eu for, eu compro o que eu quero.” Elas passaram a comprar Danone para as crianças. E, a ter direito à vaidade. Walquiria testemunhou mulheres comprarem batons para si mesmas pela primeira vez na vida. Finalmente, tiveram o poder de escolha. E isso muda muitas coisas. 

O dinheiro leva ao divórcio e à diminuição do número de filhos?

“Boa parte delas têm uma renda fixa pela primeira vez. E várias passaram a ter mais dinheiro do que os maridos”, dizWalquiria. Mais do que escolher entre comprar macarrão ou arroz, o Bolsa-Família permitiu a elas decidir também se querem ou não continuar com o marido. Nessas regiões, ainda é raro que a mulher tome a iniciativa da separação. Mas isso começa a acontecer, como relata Walquiria: “Na primeira entrevista feita, em abril de 2006, com Quitéria Ferreira da Silva, de 34 anos, casada e mãe de três filhos pequenos,em Inhapi, perguntei-lhe sobre as questões dos maus tratos. Ela chorou e me disse que não queria falar sobre isso. No ano seguinte, quando retornei, encontrei-a separada do marido, ostentando uma aparência muito mais tranquila.”

A despeito do assédio dos maridos, nenhuma das mulheres ouvidas por Walquiria admitiu ceder aos apelos deles e dar na mão dos homens o dinheiro do Bolsa. “Este dinheiro é meu, o Lula deu pra mim (sic) cuidar dos meus filhos e netos. Pra que eu vou dar pra marido agora? Dou não!”, disse Maria das Mercês Pinheiro Dias, de 60 anos, mãe de seis filhos, moradora de São Luís, em entrevista em 2009.

Walquiria relata ainda que aumentou o número de mulheres que procuram por métodos anticoncepcionais. Elas passaram a se sentir mais à vontade para tomar decisões sobre o próprio corpo, sobre a sua vida. É claro que as mudanças ainda são tênues. Ninguém que visite essas áreas vai encontrar mulheres queimando sutiãs e citando Betty Friedan. Mas elas estão começando a romper com uma dinâmica perversa, descrita pela primeira vez em 1911, pelo filósofo inglês John Stuart Mill. De acordo com Mill, as mulheres são treinadas desde crianças não apenas para servir aos homens, maridos e pais, mas para desejar servi-los. 

Aparentemente, as mulheres mais pobres do Brasil estão descobrindo que podem desejar mais do que isso.

03 janeiro, 2013

Alimentos para comer ou jogar fora?

Vivemos em um mundo de abundância. Hoje se produz mais comida do que em nenhum outro período na história. A produção alimentar se multiplicou por três desde os anos 60, enquanto que a população mundial, desde então, somente se duplicou. Há alimento de sobra. Mas 870 milhões de pessoas no planeta, de acordo com indicações da FAO, passam fome e 1 milhão e 300 mil toneladas de alimentos são desperdiçadas anualmente no mundo, um terço do que se produz. Alimentos para comer ou para jogar fora, esta é a questão...continue lendo...  

01 janeiro, 2013

A triste história política no Município de Maringá continua

Tomaram posse agora a pouco o prefeito eleito Carlos Roberto Pupin (PP) e os vereadores.
Pupin, vergonhosamente já criou 515 cargos comissionados, serão 31 secretarias, 100 diretorias, 218 gerencias, 96 coordenadorias e 70 chefias, sendo que, para pagar todo este pessoal, o gasto pode passar de R$ 33,5 milhões por ano, 88% a mais em relação a estrutura atual. Total desrespeito para com o povo do município de Maringá, que vem sofrendo com a precária saúde pública; sofrendo com a falta de vagas em creches entre outros.
A boa notícia é que Pupin poderá deixar o cargo de prefeito em fevereiro por causa da inelegibilidade.
Também ocorreu antes da posse a votação da nova mesa diretora da Câmara Municipal de Maringá, ficando assim composta: Ulisses Maia (PP) presidente da Câmara; Luciano Brito (PSB) como 1º vice-presidente e Chico Caiana (PTB) 2º vice-presidente. Tenente Edson (PMN) eleito o 1º secretário; Márcia Socrepa (PSDB) como 2ª secretária; e Luiz Pereira (PTC), como 3º secretário. Todos os componentes da mesa diretora fazem parte da base aliada do prefeito Pupin.

Novo salário mínimo

A partir de hoje (1º), começa valer o novo salário mínimo passando de R$ 622 para R$ 678. O reajuste, de cerca de 9%, considerou “a variação real do crescimento” e o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

ProUni no primeiro semestre de 2013


No dia 31 de dezembro de 2012 foi publicada no DiárioOficial da União portaria que regulamenta o processo seletivo do Programa Universidade para Todos (ProUni) referente ao primeiro semestre de 2013 e trata de etapas específicas do programa, como o período de inscrições, a pré-seleção de candidatos e a comprovação de informações dos estudantes classificados. Para se inscrever no processo seletivo, o aluno tem que ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012, entre outros pré-requisitos. De acordo com a publicação, o estudante precisa ter obtido nota mínima de 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento do Enem. Anteriormente, a pontuação mínima exigida era 400.
Criado em 2004, o programa tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior.
Dados do Ministério da Educação indicam que o ProUni já atendeu, desde sua criação até o processo seletivo do segundo semestre de 2012, a mais de 1 milhão de estudantes, sendo 67% com bolsas integrais.