31 maio, 2012

Arquidiocese de Maringá comunica as transferências de padres

A Arquidiocese de Maringá comunica as transferências de padres que serão efetivadas a partir do mês de junho de 2012, atendendo às necessidades pastorais da Igreja.

Padre Adacílio Félix de Oliveira deixa a paróquia Nossa Senhora da Rosário em Maringá para assumir a paróquia São Jorge em São Jorge do Ivaí.
Padre Dirceu Alves do Nascimento, atual pároco em São Jorge do Ivaí, será transferido para a paróquia Nossa Senhora da Liberdade em Maringá.
Padre Sidneis Salazar assume a paróquia São Bonifácio em Maringá ao deixar a paróquia Nossa Senhora da Liberdade.
Padre José Aparecido Miranda, atualmente na paróquia São Bonifácio, será nomeado pároco em Sarandi, na paróquia Santa Teresinha.
Padre Nelson Aparecido Maia passa a ser pároco da paróquia Nossa Senhora do Rosário em Maringá, depois de trabalhar na paróquia São Pedro Apóstolo em Inajá.
Padre José Mello, pároco da paróquia Santa Terezinha em Sarandi, irá administrar a futura paróquia Santa Paulina, que será construída na região norte de Maringá, nas proximidades das atuais instalações da Pontifícia Universidade Católica (PUCPR).
Padre Rodolfo Rodrigo Benedetti, vigário em Nova Esperança, será nomeado pároco da paróquia São Pedro Apóstolo em Inajá.
Padre Eduardo Belotti ficará como vigário da paróquia Sagrado Coração de Jesus em Nova Esperança.
Monsenhor Marcos Aurélio Ramalho Leite, chanceler da Arquidiocese de Maringá e vigário da paróquia Santa Isabel de Portugal em Maringá, passa a ser vigário da paróquia Santo Antônio de Pádua.
As datas das posses serão comunicadas posteriormente.

Agricultura Familiar terá R$ 18 bilhões de crédito

O governo vai disponibilizar R$ 18 bilhões para crédito de custeio e investimento à agricultura familiar na safra 2012/2013. O anúncio foi feito hoje (30) pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, em resposta à lista de reivindicações apresentada há um mês pelos movimentos de trabalhadores rurais durante o Grito da Terra Brasil. O detalhamento dos recursos será divulgado durante o anúncio do Plano Safra da Agricultura Familiar, que deve acontecer no fim de junho. Leia reportagem de Danilo Macedo e Luana Lourenço da Agência Brasil

Em 8 anos Paranaprevidência pode ficar inviável

Rodrigo Batista na Gazeta do Povo informa que o Fórum das Entidades Sindicais dos Servidores Públicos do Paraná teme que em oito anos falte dinheiro para pagar aposentadorias e pensões do funcionalismo estadual. Isso porque a diferença entre o que é pago atualmente pelos servidores e pelo governo do estado à Paranaprevidência e o que esses funcionários deverão receber no futuro (o chamado déficit técnico) aumentou em R$ 3,87 bilhões entre 2010 e 2011. O rombo chega a R$ 7,3 bilhões no acumulado. Mais informações

Vejam só MP não vai divulgar salários de servidores

O A Gazeta do Povo informa que o Ministério Público do Paraná (MP) não vai divulgar os vencimentos de seus funcionários na internet. Em decisão colegiada tomada na noite de terça-feira, os procuradores decidiram que vão apenas continuar divulgando a lista de funcionários, os cargos exercidos e as remunerações referentes aos cargos – sem ligar nome do servidor à sua remuneração. O órgão alega que a Lei de Acesso à Informação não prevê esse dispositivo e que o modelo adotado atualmente já garante transparência sem colocar em risco a privacidade dos servidores. Leia mais

30 maio, 2012

Servidora municipal denuncia demora no atendimento no hospital credenciado ao SAMA


Por Paulo Vidigal: - A Servidora municipal Priscila Guedes denunciou ao Sismmar a demora no atendimento no hospital  Santa Rita, único credenciado ao SAMA para atender servidores municipais. A servidora aguardou por duas horas até ser chamada para preencher a ficha. O documento  relatando o caso e pedindo  providências  foi entregue no sindicato.

Jornada da juventude da Diocese de Campo Mourão

Amigos e Amigas,
“Alegrai-vos sempre no Senhor!” (Fl 4,4)

Este é o lema proposto pelo Papa Bento XVI e confirmado pelo nosso Bispo Dom Javier para esta Jornada Diocesana da Juventude que acontecerá no dia 1º de julho de 2012, em Terra Boa. Teremos a presença do autor da logomarca da JMJ do Rio, Gustavo Huguenin, e de músicos católicos populares, como a Banda AUB e o cantor Moradda.
Para atingir um número significativo de jovens, o Setor Juventude preparou com carinho e qualidade o material de divulgação que segue anexado (cartaz, spot para rádio e vídeo promocional). Pedimos que nos ajudem a difundi-lo intensivamente na sua comunidade (por meio das rádios, serviços de autofalantes, TVs etc), como também nas mídias sociais, onde os jovens estão em massa.
Somos chamados, sobretudo a partir do 19º PDAE, a cativar a juventude com a novidade e a alegria do Evangelho. Contamos com vocês novamente!

Rezem pelos jovens! Abraço fraterno!
Fábio Sexugi
Coordenador
Pe. Ediberto H. de Mercena
Assessor

Vídeo de divulgação: 
jornada_diocesana2013.mp3jornada_diocesana2013.mp3
600K   Reproduzir   Baixar  

Cartilha alerta jovens sobre os riscos das promessas de trabalho no exterior

 Os brasileiros que vão trabalhar no exterior como modelos, jogadores de futebol, professores de dança, capoeiristas e cozinheiros são os mais vulneráveis a golpes de quadrilhas de tráfico de pessoas. O Itamaraty fez um levantamento nos últimos três anos e verificou casos em que o sonho de trabalhar em outros países virou uma armadilha. Para alertar sobre o problema, o Ministério das Relações Exteriores lançou ontem (29) uma cartilha com orientações para o trabalho no exterior destinado a esses profissionais. Mais informações

Fórum de Desenvolvimento da ONU constata redução do número de pessoas em situação de extrema pobreza

Por Agência Brasil
A redução do número de pessoas em situação de extrema pobreza foi o tema que predominou no primeiro dia do Fórum Ministerial de Desenvolvimento, vinculado ao Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). Ontem (29), na abertura, a ex-ministra chilena do Planejamento Clarisa Hardy destacou que, na última década, 51 milhões de pessoas saíram da extrema pobreza na América Latina – cidadãos com renda inferior a US$ 1,75.
No Brasil, em nove anos do Programa Bolsa Família, conforme relatou a ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, 28 milhões de pessoas deixaram a faixa da extrema pobreza. Segundo ela, um país só é forte quando diminui as desigualdades socioeconômicas.
“Só conseguimos tirar esses 28 milhões de pessoas [da extrema pobreza], não só graças ao crescimento econômico, mas porque o Estado brasileiro construiu políticas públicas que garantem, efetivamente, a inclusão [social] de milhões de brasileiros”, declarou Tereza Campello.
A ministra citou cinco pontos, que, de acordo com ela, merecem destaque no avanço das políticas públicas no Brasil: a redução das taxas de desemprego; o aumento do salário mínimo; o fortalecimento da agricultura familiar; a universalização dos serviços de saúde e educação; e a garantia de renda. Atualmente, mais de 43 milhões de famílias recebem benefícios do governo. “Temos [o governo] que chegar com renda, mas queremos levar serviços, melhorar e qualificar esses serviços para as populações mais pobres”, disse.
O encontro do Fórum Ministerial vai até a próxima quinta-feira (31), com a participação de 30 países da América Latina, do Caribe e da África. O encontro é realizado na sede da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em Brasília. É a primeira vez que o fórum ocorre fora da sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York.

29 maio, 2012

ONGs ambientais diz que vetos ao Código Florestal anistiam desmatadores e abre brechas para crimes ambientais

Para mais de 160 organizações da sociedade civil que integram o Comitê Brasil em Defesa das Florestas e do Desenvolvimento Sustentável, a medida provisória e os vetos anunciados pelo governo federal ao Código Florestal mantém anistia aos desmatadores e abre brechas para novos crimes ambientais. Confira a reportagem de Carolina Gonçalves e publicado pela Agência Brasil.

Pesquisa revela baixa representação de mulheres e negros no parlamento

O Brasil tem apenas de 13% de mulheres no parlamento, ocupando o final da fila na América Latina. O dado é divulgado pela Inter-Parlamentary Union (IPU), órgão que reúne todos os legislativos do mundo e que compila estatísticas sobre a presença de mulheres nestas casas. Por que as mulheres candidatas não conseguem se eleger na mesma proporção que os candidatos homens? Por que as mulheres se apresentam menos na política? Ou, quando se apresentam, o que acontece para que não tenham tanto sucesso? Por que os financiamentos de campanha são sempre menores para as mulheres? Leiareportagem de Luiz Sugimoto e publicado pelo jornal da Unicamp.

Vetos ao Código Florestal agradaram a alguém?

“Para mim, está mais do que evidente a situação de tensão política que só pode ser enfrentada e sanada por uma decisão soberana do Povo Brasileiro. Se os ‘representantes’ não se entendem, que seja chamado o conjunto dos ‘representados’, o conjunto dos cidadãos e cidadãs para que, de forma soberana, defina o quer”. O comentário é de Ivo Poletto em seu blog. Confira

28 maio, 2012

Informação e liberdade: o futuro das redes sociais

A China é hoje o maior mercado de internet do mundo. Existem mais de 221 milhões de blogs, 181 milhões de blogueiros e 235 milhões de usuários de redes sociais, segundo informações da Red Ant (organização inglesa especializada em análise de internet e redes sociais). O cenário da mídia social é complexo, vasto e sempre em mudança. Também, progressivamente, as redes sociais estão se tornando parte crucial da vida do povo chinês, sendo um dos poucos meios que saltam as barreiras impostas pela censura do governo à informação. No Brasil, As redes sociais fazem o maior sucesso em terras tupiniquins. Pesquisas apontam que um em cada três brasileiros está conectado a internet, o que equivale a 70 milhões de pessoas. O brasileiro gasta, em média, 23 horas e 12 minutos aos mês com internet. Entre os conectados, 79% utilizam as redes sociais, ou seja, 55 milhões de pessoas. Só para ter ideia do crescimento das redes sociais no país, somente em 2008, o Twitter cresceu 1382%. Leia na íntegra

2º Bazar de Novos e Usados do Lar Escola da Criança de Maringá

Dia 09 de Junho


Aberta inscrições para o Enem

A partir das 10h de hoje (28/05), candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já poderão se inscrever para participar das provas que serão aplicadas nos dias 3 e 4 de novembro. O prazo termina em 15 de junho e as inscrições serão feitas exclusivamente pela internete. Em 2011, o exame recebeu mais de 6 milhões de inscrições. A taxa de inscrição permanece em R$ 35. Alunos que estejam cursando o 3º ano do ensino médio em escola pública estão isentos do pagamento, que deverá ser efetuado até 20 de junho por meio do boleto que será gerado durante a inscrição. A prova é feita durante o fim de semana. No primeiro dia do exame, sábado, os participantes terão quatro horas e meia para responder às questões de ciências humanas e da natureza. No domingo, será a vez das provas de matemática e linguagens, além da redação, com um total de cinco horas e meia de duração. A divulgação do gabarito está prevista para o dia 7 de novembro, e o resultado final deve sair em 28 de dezembro. Para 2012, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) anunciou mudanças nos critérios de correção da redação com o objetivo de tornar o processo mais objetivo e reduzir a margem de erros. O edital com todos os detalhes do exame foi publicado na sexta-feira (25) no Diário Oficial da União.

26 maio, 2012

Nota de Esclarecimento do Movimento $uper$aláriosnão

A aprovação do valor de R$ 6.900,00 para os Vereadores sem a revogação dos demais supersalários do Prefeito, Vice e Secretários foi o grande equivoco dos vereadores "birrentos" que queriam sim a manutenção dos R$ 12 mil e não aceitaram a aprovação do projeto construído pelo debate com a sociedade. O que ficou foi a "busca desesperada" para "não legitimar o processo democrático" entre os legisladores e a sociedade organizada. Uma cultura de participação popular não interessa aos grandes negócios corporativos e isso assusta alguns e contraria interesses. Agora buscam silenciar a sociedade em relação aos demais valores, o que lamentavelmente, muitos órgãos de imprensa e formadores de opinião estão caindo nesse jogo! O movimento informa que vai continuar com a mobilização e afirma que o assunto ainda não está encerrado! E speramos que os meios de comunicação...continue lendo..

Movimento $uper$alários Não

25 maio, 2012

Vereadores aprovaram a redução dos “supersalários”

Mais uma vez a mobilização da população de Maringá deu resultado. Os vereadores finalmente aprovaram a redução dos “supersalários” fixados no ano passado para os parlamentares que vão assumir em 2013. De R$ 12 mil, o subsídio cai para 6,9 mil. Já para o aumento concedido ao prefeito, vice-prefeito e secretários municipais não houve mudança...continue lendo...

Lançado comitê contra corrupção em Maringá

Sugestão de Leitura


Como sugestão de leitura apresento quatro texto que contribuirá com sua reflexão a respeito do texto de João 20,19-23 que várias de nossas igrejas proclamarão neste final de semana.

Comissão Episcopal para a Juventude


CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL
Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude
Brasília, 01 de junho de 2012.
PJ Nº - 0481/12
Caros irmãos Párocos e Administradores Paroquiais,
Vigários Paroquiais e demais Presbíteros.

Deus nos concede mais um mês para viver na sua Graça e a seu serviço! É junho: mês de tantas celebrações! Mês em que contemplamos em muitos lugares os jovens envolvidos plenamente em atividades que os mantêm animados em trabalhos que amadurecem sua fé, seus relacionamentos, seus dons. Quanto vai-e-vem para a confecção dos belos tapetes de Corpus Christi bem como para a arrumação das barraquinhas e atividades das Festas Juninas! Ninguém consegue ficar alheio ao ver tantos jovens envolvidos com generosidade nesta preparação! A nossa alegria de pastores se soma à certeza de que eles, além do dever cumprido, crescem consideravelmente quando encontram espaços adequados e pessoas que os valorizam e os incentivam. Como os jovens gostam de ver seus sacerdotes ao seu lado, apoiando suas iniciativas!
Este mês também vem tocar em um assunto muito querido aos jovens: o amor! O amor de Maria, em maio, nos aponta para o amor de Seu Filho, em junho, com a festa do Sagrado Coração de Jesus! É nossa missão auxiliar os jovens a perceberem o infinito amor daquele que nos disse um dia: “eu vos chamo amigos” (Jo 15, 15). É um Coração que revela tudo; não esconde nada do que é essencial para a felicidade.
Mas o mês de junho também vai falar do amor dos namorados. Dia 12 está chegando e, certamente, é um assunto que ‘vai rolar’ nas conversas pessoais, nos facebooks e twitters da vida! E as nossas comunidades, como irão tratar deste assunto? Ou melhor, como temos abordado esta questão junto aos nossos adolescentes, jovens, catequizandos? Os senhores já conhecem o valioso material que a CNBB preparou para a formação deles na área da afetividade-sexualidade? O subsídio que se intitula “Aos Jovens com Afeto” disponibiliza 50 fichas com temas atuais, embasados na Palavra de Deus e no Magistério da Igreja, e com uma linguagem apropriada para esta nova geração. No mínimo, cada catequista e líder de jovens deveria ter este material complementar para a sua ação evangelizadora. Ele poderá ser adquirido diretamente nas Edições CNBB: http://www.edicoescnbb.com.br/loja/catalogo.php?loja=302647&IdDep=12.
Caros irmãos, continuemos apostando nos jovens. A Peregrinação da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora está semeando pelo Brasil afora um novo tempo, não só para a juventude, mas para a Igreja e – porque não dizer também! – para a sociedade na qual ela se encontra e vive.
Sejamos criativos e ousados – como eles! – favorecendo-lhes espaços e calor humano em nossas comunidades. Às vezes os jovens só necessitam de um sinal para perceberem o grande amor de Deus. E este ‘sinal’ passa também pelo ‘seu’ e ‘meu’ coração para atingi-los e cativá-los. O Coração de Jesus quer bater forte no peito de cada um dos pastores para que a força do seu amor possa atingir o coração das ovelhas. “As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem”(Jo 10, 27)

No Coração de Jesus e de Maria deposito-os todos os senhores com minhas orações.
Com estima,
Dom Eduardo Pinheiro da Silva, sdb
Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude (CEPJ)

Deve deixar de ser crime copiar CD ou livro

Ontem a comissão de juristas que discute o novo Código Penal aprovou proposta que descriminaliza o ato de copiar integralmente uma obra para uso pessoal, desde que não tenha objetivo de lucro. Com a decisão, quem realizar a cópia deixa de ser enquadrado pelo crime de "violação do direito autoral", previsto na lei atual. Dessa forma, a cópia de um CD de música ou de um livro didático para uso próprio deixaria de ser crime. Atualmente, a pena para os condenados pela conduta pode chegar a 4 anos. "Não há crime quando se tratar de cópia integral de obra intelectual ou fonograma ou videofonograma, em um só exemplar, para uso privado e exclusivo do copista, sem intuito de lucro direto ou indireto", diz o texto aprovado. O colegiado tinha prazo até o fim do mês para entregar o anteprojeto do novo Código à presidência do Senado. Mas os trabalhos foram prorrogados até 25 de junho. As sugestões dos juristas poderão compor um único projeto ou serem incorporadas a propostas já em tramitação no Congresso.

União estável gay é aprovado pela Comissão do Senado

A Comissão de Direitos Humanos do Senado deu ontem o primeiro passo para incluir no Código Civil brasileiro a união estável entre homossexuais e sua futura conversão em casamento. A proposta transforma em lei uma decisão já tomada por unanimidade pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em maio de 2011, quando reconheceu a união estável de pessoas do mesmo sexo como unidade familiar.

24 maio, 2012

Em Maringá lançamento do Comitê de combate à corrupção eleitoral

Nesta sexta-feira (25), às 9h no Auditório Dona Guilhermina em Maringá será lançado o Comitê 9840, também chamado de comitê de combate à corrupção eleitoral. O organismo, ligado à Igreja Católica, está sendo articulado pelo Conselho Arquidiocesano de Leigos e Leigas da Arquidiocese de Maringá juntamente com outras entidades. O objetivo será acompanhar o processo eleitoral e receber denúncias de crimes eleitorais praticados por candidatos ao executivo e ao legislativo no município de Maringá e dos outros 26 municípios que compreendem a Arquidiocese.
O local de funcionamento do Comitê será o Centro Pastoral Arquidiocesano (Cepa), que funciona ao lado da igreja Santo Antônio de Pádua. Estudantes de direito farão plantão para receber as denúncias, que serão encaminhadas à Justiça Eleitoral de cada respectiva comarca.
O telefone do disk denúncia utilizado pelo comitê será divulgado a partir das próximas semanas.
A Lei 9840 foi criada em 1999 para combater a compra de votos e o uso da máquina administrativa durante o período eleitoral. Mas o interessante é que ela foi criada com a força da população brasileira, que se organizou para coletar mais de um milhão de assinaturas, tornando a Lei 9840 a primeira lei de iniciativa popular da história do país. Isso só foi possível em razão da iniciativa da CNBB com o apoio de entidades como OAB e da Associação Juízes para a Democracia.
A Lei 9840 é um marco na história da democracia no Brasil. Antes dela não havia regramento sobre o comportamento do eleitor, dos partidos e candidatos durante o período eleitoral.
Em Maringá, como acontece em centenas de outras cidades brasileiras, a cada período eleitoral são instalados os Comitês 9840. Esse comitê, que em Maringá tem funcionado com o apoio da Justiça Eleitoral e a participação de inúmeras entidades representativas de todos os segmentos da comunidade, entre elas: Cúria Metropolitana de Maringá, Conselho Arquidiocesano de leigos e leigas (CALLM), Associação de Ação e Reflexão Social (Aras), Sociedade eticamente Responsável (SER), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e sindicatos e associações, desenvolve não apenas um trabalho de fiscalização do processo eleitoral, mas principalmente de educação da população para a democracia – voto consciente. Você também é convidado a participar.
Conheça o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral aqui.

24 de maio - Um ano do assassinato de José Cláudio e Maria do Espírito Santo

Há um ano, no dia 24 de maio, eram assassinados Maria do Espírito Santo e José Claudio, um casal do assentamento Praialta Piranheira, no municipio de Nova Ipixuna, Pará, que lutavam para defender a reserva do assentamento. No local da morte vai se realizar uma manifestação lembrando este crime e para reafirmar os compromissos de defesa do meio ambiente pelos quais o casal morreu.  A Comissão Pastoral da Terra - CPT de Marabá., Federação dos Trabalhadores na Agricultura - FETAGRI Regional Sudeste  e o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras STTR de Nova Ipixuna divulgaram nota dando conta de como andam o processo relativo a este crime e as medidas adotadas pelo governo. Veja aqui

23 maio, 2012

Unifama - palestra: O Amor e o Amor na Atualidade

PEC do trabalho escravo é aprovada e derrota ruralistas

Depois de 11 anos, o plenário da Câmara encerrou na noite de ontem a votação da proposta de emenda à Constituição (PEC) do trabalho escravo e impôs uma derrota à bancada ruralista. O projeto foi aprovado em segundo turno por 360 votos favoráveis, 29 contrários e 25 abstenções. O texto segue agora para análise do Senado. A PEC permite a expropriação de imóveis rurais e urbanos onde a fiscalização encontrar exploração de trabalho escravo.

22 maio, 2012

Caros amigos do Movimento $uper$aláriosnão!

Todos devem ter acompanhado pela imprensa a iniciativa do movimento em procurar, na última terça feira (15), a Comissão de Finanças e Orçamento, na intenção de negociar uma saída para garantir a revogação dos $uper$alários!
Na ocasião, os vereadores membros da Comissão se comprometeram em convocar todas as entidades que já haviam reunido no dia 1 de março. (conforme divulgado pela matéria no linc http://g1.globo.com/videos/parana/paranatv-2edicao/t/edicoes/v/representantes-do-movimento-supersalarios-nao-voltaram-a-camara-de-maringa/1948943/)
No entanto, o presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, o Vereador Dr Sabóia, nos convidou para uma conversa em seu gabinete, argumentando que diversas entidades o procuraram e que já fora apresentado sugestões de valores.
Desta forma, concordamos em participar de uma reunião, amanhã, dia 23 de maio, em seu gabinete na Câmara de Vereadores, na condição de que a reunião seja com representantes de todas as entidades que integram o movimento, para que as mesmas possam levar as suas propostas de revogação dos $uper$alários.
Portanto, convidamos as entidades que integram o movimento para a reunião com a Comissão de Finanças e Orçamento na quarta feira, dia 23 de maio, às 18hs. Local: Plenarinho da Cãmara de Vereadores

Contamos com a presença de todos e todas.

Sem mais
Edson Pilatti
44 99443183
Coordenador do Movimento $uper$aláriosnão!

Hoje reunião sobre proibição de construção de casas geminadas

Hoje (20/05), às 20 horas, na Avenida dos Palmares, 765, o movimento Maringá unida em defesa das casas geminadas se reunem para discutirem sobre revogar a proibição de construção de casas geminadas, faltando pouco mais de dois meses para o término do período de cadastramento para quem deseja construir casas geminadas em Maringá. Segundo o movimento, fica cada vez mais evidente que a exigência deste cadastro só trará graves prejuízos para os Maringaenses, seja pela desinformação que leva as pessoas a não se preocuparem, seja pelo não entendimento do prejuízo para o desenvolvimento de Maringá, "o fato é que dos 17.000 terrenos que devem serem cadastrados, nem 4.000 realizaram o cadastro, e quem não o fizer até 27 julho de 2012 dançou, está proibido de construir casas geminadas em Maringá nos terrenos de 300m², isto inclui também casas de madeira, construções antigas, o que pode desacelerar a revitalização dos bairros mais antigos! Exigir o cadastro está errado, isto deve ser revisto! Seja para quem trabalha no ramo da construção civil, seja por todos os Maringaenses que serão lesados". O movimento irá apresentar uma explicação importantíssima para quem possui obra em andamento.


21 maio, 2012

Disseminar a homofobia: A igreja precisa recusar esse papel

 De Maria Newnum:
A Semana Maringaense de Combate a Homofobia antecedeu a Parada LGBT programada para o dia 20 de maio. Entre as personalidades convidadas para as conferências estava o leigo católico Arnaldo Adnet que integra o grupo Diversidade Católica do Rio de Janeiro.
Adnet, juntamente com integrantes do movimento GLBT de Maringá, reuniu-se com o Arcebispo da Arquidiocese de Maringá, pastores e leigos evangélicos para relatar a experiência pastoral experimentada no Rio, onde o grupo recebe o amparo espiritual necessário para o enfrentamento diário das dificuldades sofridas por causa da homossexualidade...continue lendo...

20 maio, 2012

Slides apresentado no 5º Encontro das Pastorais Sociais do Regional Sul II

Segue abaixo slides apresentado no 5º Encontro das Pastorais Sociais do Regional Sul II realizado de 19 a 20 de maio de 2012 na cidade de Maringá.

5° Encontro das Pastorais Sociais do Regional Sul 2 – Conquistas, Fragilidades e Perspectivas

A Arquidiocese de Maringá teve a alegria de acolher desde sexta-feira (18/05/2012) os/as representantes das Pastorais Sociais e Organismo do Reginal Sul II que fizeram morada em Maringá no 5° Encontro das Pastorais Sociais do Regional Sul 2. O término foi hoje, por volta das 14 horas. Ficou definido com relaçao a 5ª Semana Social Brasileira que cada Arq/Diocese do Regional Sul II trabalharam nas bases e no ano de 2013, de 16 a 18 de março haverá um encontro Regional encerrando a semana social.
De forma resumida, segue abaixo as conquistas, fragilidades e perspectivas apresentado no 5° Encontro das Pastorais Sociais do Regional Sul 2 (Paraná.
Conquistas: no âmbito da evangelização (pessoa – comunidade – sociedade), dão o rosto que aparece em Puebla – Medellin – Santo Domingo e Aparecida; consiência eclesial; reconhecimento eclesial e pela sociedade dos trabalhos e conquistas das pastorais sociais; passo significatico de estrutura e caminhada; aspecto ecumênico; amparo legal no sentido de se reforçar em termo das Arqui/Dioceses, paroquias e lugares específicos; fazer de pessoas sugeitas da evangelização; documentos elaborados pelas pastorais sociais e organismos.
Fragiliades: reconhecimento e preconceito eclesial, carência de paternidade (defit de respeito, de atenção); relação com o poder público; sustentação financeira para manutenção e administração; articulação enquanto igreja e sociedade (interna e ampla); compromisso do clero; formação de novas lideranças; assessoria.
Perspecitvas: integração – solidariedade – afinidade: no ambito da pessoa – os que mais necessitam; pastoral de conjunto com estilo de vida de ser – o estilo de Jesus de Nazaré (acolhedora – partilha – solidariedade – profetico – fiel ao Reino de Deus); as pastorais e organismos tem que sentarem – conversar – trocar experiências.

As CEBs se fez presente no 5° Encontro das Pastorais Sociais do Regional Sul 2

Terminou hoje por volta das 13 horas o 5° Encontro das Pastorais Sociais do Regional Sul 2 (Paraná) realizado em Maringá. Nós das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), apresentamos as conquistas, fragilidades e perspectivas das CEBs no Reigonal.
Conquistas:
- Fortalecimento das CEBs através da Conferência de Aparecida;
- Presença da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), no 12° Intereclesial Nacional das CEBs;
- Documento 92 da CNBB que surgiu sob reflexo do 12° Intereclesial Nacional das CEBs;
- 6° Intereclesial das CEBs do Regional Sul II;
- A presença marcante de jovens e seminaristas no 6° Intereclesial das CEBs do Regional Sul II.
Fragilidades:
- Falta de compreensão do que são CEBs por parte de leigas, leigos e padres;
 - As CEBs se voltou para a "igreja" e se fechou para o social;
- Perca da autonomia das leigas e leigos;
- Não contemplar as CEBs no Subsídio Integrado da CNBB.
Perspectivas:
- As Arqui/Dioceses sejam e assumam as CEBs na compreensão do que realmente são: jeito de ser Igreja.
- Retomar o profetismo proposto por Puebla

Seminário estadual contra o extermínio de jovens reúne lideranças em Foz do Iguaçu

Começou, em Foz do Iguaçu, o Seminário Estadual da Campanha Nacional Contra a Violência e o Extermínio de Jovens. Até amanhã (20), jovens, lideranças e especialistas de todo o estado vão debater alternativas para o enfrentamento das estatísticas que apontam os jovens como as principais vítimas da violência no Brasil e também no Paraná.
Na abertura dos trabalhos, o bispo diocesano de Foz do Iguaçu, dom Dirceu Vegini, destacou que o evento vem em momento oportuno para que a violência possa sair do mapa do nosso país. “É preciso que nos não nos acostumemos com a violência. Não achamos que seja uma normalidade ver tantos jovens exterminados por diversos motivos. Não pode ser assim. Todas as formas de violência devem ser combatidas. Jesus quer vida para os jovens de nossas dioceses, das nossas comunidades”, disse.
Na programação de hoje acontecerão palestras e trabalhos em grupos e no domingo uma marcha no centro de Foz do Iguaçu. O início da caminhada será às 8h30, em frente à Loja Grellmann, seguindo pela Av. Juscelino Kubitschek até a Praça da Paz. O evento, organizado pela Pastoral da Juventude do Paraná (Regional Sul 2 da CNBB), Casa da Juventude do Paraná (CASA) e a diocese local, acontece na Escola Municipal Érico Veríssimo.
Mortes violentas
De acordo com o Mapa da Violência, no Brasil, de cada dez jovens mortos, sete foram vítimas das chamadas causas externas, o que envolve criminalidade, acidentes e suicídio. O Paraná é dos estados com maior índice de mortes violentas de jovens. Entre as causas externas, o homicídio é responsável por 40% das mortes de jovens. O estudo ainda revela que o índice de mortes por homicídio entre jovens é o dobro da média geral: 50 brasileiros de 15 a 24 anos são mortos por ano para cada 100 mil habitantes.
Campanha nacional
Lançada em novembro de 2009, a Campanha Nacional Contra a Violência e o Extermínio de Jovens surgiu da reflexão e preocupação dos delegados da 15ª Assembleia Nacional das Pastorais das Juventudes do Brasil, que aconteceu em maio de 2008, em virtude do crescente número de mortes de jovens no país, tanto no campo quanto nas cidades.
A iniciativa conta com o apoio do Setor Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e tem como finalidade debater as diversas formas de violência praticadas contra a juventude, denunciar o extermínio de milhares de jovens no Brasil e desencadear ações que possam mudar a realidade, promovendo uma cultura de paz onde as juventudes possam viver de forma plena.

Gelinton Batista – pela equipe de comunicação

18 maio, 2012

Sugestão de Leitura

Quatro texto
A leitura que várias de nossas Igrejas propõem neste domingo é o Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 16,15-20, Ascenção do Senhor. Apresento os textos abaixo para reflexão.
- A Ascensão do Senhor
- Só a experiência direta e imediata do Evangelho pode revitalizar a Igreja
- Os sinais que acompanham a Boa Nova
- A missão é o testemunho do amor misericordioso

Histórico dos Intereclesiais das CEBs do Regional Sul II (Paraná) já realizados

1º Encontro: Setembro de 1979
Local: São José dos Pinhais
Tema: CEBs - Reflexão sobre Comunidades Eclesiais de Base
2º Encontro: Fevereiro de 1996
Local: Curitiba
Tema: CEBs e Massas
Lema: CEBs, Sal e Fermento nas massas
3º Encontro: Fevereiro de 1999
Local: Londrina
Tema: CEBs 2000 anos de caminhada
Lema: Memória e caminhada – sonho e compromisso
4º Encontro: Fevereiro de 2004
Local: Maringá
Tema: CEBs Espiritualidade Libertadora
Lema: Seguir Jesus no compromisso com os Excluídos
5º Encontro: Abril de 2008
Local: Foz do Iguaçu
Tema: CEBs, Ecologia e Missão
Lema: Do ventre da terra, o grito que vem da Amazônia
6º Encontro: Abril de 2012
Local: Jacarezinho
Tema: Justiça e profecia a serviço da vida
Lema CEBs romeiras do Reino no campo e na cidade

Carta do 6º Intereclesial das CEBs do Regional Sul II ao Povo de Deus

Em Jacarezinho-PR, dos dias 28 a 30 de abril de 2012, cerca de seiscentos (600) “romeiros e romeiras do Reino” das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) do campo e da cidade de todo o Paraná, unimo-nos para refletir sobre a “justiça e a profecia a serviço da vida”, assessorados pelo padre Vileci Basílio Vidal, da coordenação do 13º Intereclesial Nacional das CEBs, que será realizado em Juazeiro do Norte-CE, em janeiro de 2014.
No final do Intereclesial os/as participantes emitiram uma carta ao Povo de Deus. Confira aqui

Síntese do 6° Intereclesial das CEBs do Regional Sul II (Paraná)

6º Intereclesial das CEBs do Regional Sul II
Jacarezinho - 28 a 30 de abril de 2012
SÍNTESE
Com muita alegria e entusiasmo as “romeiras e os romeiros do Reino” das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) do campo e da cidade das Arq/Dioceses do Paraná, dois companheiros da Argentina e dois de São Paulo, no amanhecer do dia 28, por volta das cinco horas, foram fazendo morada na cidade de Jacarezinho, para refletir sobre a “justiça e a profecia a serviço da vida”, assessorados pelo padre Vileci Basílio Vidal, da coordenação do 13º Intereclesial Nacional das CEBs, que será realizado em Juazeiro do Norte-CE, em janeiro de 2014.
Com muita alegria, carinho e refeições gostosas as romeiras e os romeiros foram acolhidos pelo povo de Deus da Diocese de Jacarezinho. O sorriso no rosto daquele povo acolhedor, a simplicidade e humildade em cada palavra e gesto do tão amado Padre Osvaldo, jamais será esquecido por quem por lá fez morada nesses dias.
Os delegados e as delegadas do 6º Intereclesial das CEBs do Paraná foram instigados a fazer o percurso da caminhada da Igreja neste tempo em que as comunidades se preparam para celebrar os 50 anos do Concílio Vaticano II, que marca a denominação da Igreja como Povo de Deus.
Cada delegado e delegada fez a experiência de conhecer uma das Conferências Latino- Americana, nome dados a cada uma de cada mini-plenária. Confira aqui a síntese

Na América Latina, um terço das famílias vive em moradias precárias

Moradias de paredes e tetos de madeirites, montados como quebra-cabeças, que deixam alguma abertura para o frio outonal de Bueno Aires. Piso de terra, como as ruas que ao redor e que, geralmente, embarreia toda vez que chove, dificultando os acessos. Longa caminhada para se chegar ao ponto de ônibus. Uma latinha que serve para cozinhar ou esquentar o mate e lenha para aquecer o ambiente. Ligação elétrica clandestina. Uma sala de estar e um dormitório com uma cama de casal onde, também, dormem alguns filhos. Além de um banheiro, a poucos metros, feito de plásticos com um buraco para fazer as necessidades básicas. São assim algumas das moradias precárias nos arredores da capital argentina, um drama que afeta toda a América Latina, apesar da última década de crescimento econômico e melhora da equidade. Confira a reportagem de Alejandro Rebossio, publicada no jornal El País, 15-05-2012. A tradução é do Cepat.

17 maio, 2012

A força de um povo organizado

Foi aprovado em segundo discussão na sessão desta quinta feira o projeto de lei que cria o Programa de Coleta Seletiva com Inclusão Social e Econômica dos Catadores de Material Reciclável (Pró-Catador)  e o Sistema de Logística Reversa, com emendas e proíbe a incineração do lixo no município de Maringá. O povo se organizou teve um significativo apoio da Igreja Católica e mais uma vez presenciamos a força de um povo organizado.

Dia Internacional contra a Homofobia e a Transfobia

Hoje, 17 de maio é Dia Internacional contra a Homofobia e a Transfobia (rejeição a transexuais e travestis). A data  foi criada por ativistas franceses em 2005 para marcar o dia em que a homossexualidade foi tirada, há 22 anos, da lista de doenças mentais da Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, a data foi lembrada ontem (16) por manifestantes, que ocuparam a Praça dos Três Poderes, em Brasília, onde estenderam uma bandeira do movimento. Na cidade de Maringá, hoje pela manhã, pela primeira vez, a bandeira que representa o movimento LGBT foi hasteada na Praça Sete de Setembro, conhecida como praça do Peladão.
A SDH (Secretaria de Direitos Humanos) do governo federal registrou em 2011 uma média de 3,4 denúncias diárias de violência praticada contra homossexuais no Brasil.

Encontro das Pastorais Sociais do Regional Sul II em Maringá

Maringá acolherá cerca de 150 lideranças da Igreja Católica do Paraná no próximo fim de semana, dias 18, 19 e 20 de maio, para participar do 5° Encontro das Pastorais Sociais do Regional Sul 2 da CNBB. O evento será realizado no Centro de Formação Bom Pastor, anexo ao seminário Nossa Senhora da Glória. Na sexta-feira à noite, logo após a abertura, haverá um momento de diálogo sobre a RIO +20 – Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, que será realizada de 13 a 22 de junho no Rio de Janeiro.
No sábado (19) será feita uma análise da conjuntura político-social sobre a realidade do Brasil; análise da conjuntura das Pastorais Sociais no Regional Sul 2; reflexão sobre a identidade e a missão das Pastorais Sociais na Igreja do Brasil e por fim a discussão sobre a proposta da Semana Social Brasileira, que propõe um amplo debate nacional para refletir qual o papel do Estado com o tema “Um novo Estado, caminho para uma sociedade do bem viver” e o lema “Estado para que e para quem?”.
Às 19h30 todos os participantes vão celebrar a santa missa na Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Glória. No domingo (20) serão feitos os encaminhamentos do encontro e sobre a 5ª Semana Social Brasileira.

''A videira é Cristo''. Entrevista com Irmã Jeannione Gramick

Tem-se medo "do significado dado pelo Concílio Vaticano IIao que significa ser católico", da "liberdade de expressão que isso implica". Consequentemente, também existe o medo de permitir que "as vozes críticas sejam ouvidas, porque algumas delas poderiam legitimamente levar à mudança". Uma mudança que gera o temor de perder "poder e controle". Confira a entrevista de Ludovica Eugenio, publicada na revistaAdista

16 maio, 2012

Semana de oração pela unidade dos cristãos

O Movimento Ecumênico de Maringá (Mecum) promove de 20 a 27 de maio a Semana de oração pela unidade dos cristãos. Em Maringá o Movimento Ecumênico é composto pela Igreja Católica Apostólica Romana, Episcopal Anglicana e Evangélica de Confissão Luterana.
Programação
- Dia 23 às 19h: Celebração ecumênica em Marialva, na igreja católica Nossa Senhora de Fátima – Rua Alameda Guilherme de Polli 99, Centro.
- Dia 24 às 20h: Celebração ecumênica na Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Glória.
- Dia 25 às 19h45: padre Elias Wolff – uma dos maiores estudiosos sobre ecumenismo no Brasil – fará palestra com o tema “Ecumenismo, na busca da unidade, resultados positivos e colheita frutuosa”, -  auditório Dona Guilhermina – avenida Tiradentes, quase esquina com a Duque de Caxias. Padre Elias Wolff é mestre em filosofia, doutor em teologia e assessor para o Diálogo Ecumênico e Inter-religioso da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). 
- Dia 26 às 18h30: Celebração ecumênica com a comunidade Anglicana – Rua São Lourenço 245, Jardim Alvorada em Maringá.
- Dia 27 às 10h: Celebração ecumênica e encerramento da Semana de oração pela unidade dos cristãos na igreja de confissão Luterana – Rua Mem de Sá 168, Maringá.

Reunião sobre a proibição das casas geminadas

Na próxima terça-feira (22/05), reunião sobre a proibição das casas geminadas na cidade de Maringá. Será na Avenida dos Palmares, 765, Jardim Liberdade às 20 horas. Contato pelo Facebook Casas Geminadas Maringá ou afavordascasasgeminadas@hotmail.com

Terra leva um ano e meio para repor recursos consumidos anualmente, diz estudo

Os seres humanos consomem, a cada ano, um montante de recursos naturais 50% superior ao que a Terra pode produzir, de forma sustentável nesse mesmo período. Os dados são da ONG WWF. Leia a reportagem de Richard Black e publicada por BBC Brasil.

Campanha de Arrecadação de Roupas Lar Escola da Criança Maringá

15 maio, 2012

Ruralistas não sabem definir o que é trabalho escravo. Vamos ensinar a eles?

Na semana passada, os ruralistas não votaram PEC contra o Trabalho Escravo, alegando que é necessário definir o que é esse tipo de violação de direitos. Veja aqui o rico esclarecimento de Edélcio Vigna, assessor do Inesc.

14 maio, 2012

Notícias das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs)

Notícas das CEBs no Brasil

Vejam aqui Notícias das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) do Ceará - da Bahia - de São Paulo - do Paraná e Belo Horizonte.

12 maio, 2012

13 de maio de 1888 marcou oficialmente o fim da escravidão no Brasil

O dia 13 de maio de 1888 marcou oficialmente o fim da escravidão no Brasil através de uma lei assinada pela Princesa Isabel, durante uma viagem de Dom Pedro II ao exterior. Naquela oportunidade houve uma série de comemorações. Vários ex-escravos saíram às ruas comemorando o feito. É verdade que em várias regiões do país o trabalho escravo persistiu e só foi abolido no início do século XX.  Ainda nos dias de hoje, volta e meia a imprensa nos dá informações sobre a existência do trabalho escravo em várias regiões do país. O movimento negro resolveu comemorar a negritude no dia 20 de novembro, denominado Dia da Consciência Negra. Certo eles, pois, de fato, o 13 de maio foi uma data que ocorreu de “cima para baixo”, sem a participação dos principais interessados no tema, apesar de haver no Brasil um movimento abolicionista bem forte naquele período, principalmente nas cidades importantes do sudeste do país. O 13 de maio, entretanto, não deve ser esquecido. Ele tem um lugar de enorme importância na história desse país e do povo brasileiro.

Mais da metade das brasileiras são mães, afirma IBOPE

Uma pesquisa do IBOPE Media concluiu que 57% das brasileiras de 20 a 75 anos têm filhos. Dessas mães, 36% são chefes de família, 57% trabalham fora e 37% não são casadas e nem vivem com companheiros. O estudo ouviu 20.736 pessoas nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Fortaleza, Brasília e nos interiores de São Paulo e das regiões sul e sudeste.
O estudo também revelou que a grande prioridade das mães é a educação dos filhos, que foi a resposta de 85% delas. Entre as entrevistadas, 67% disseram que criam seus filhos para o mundo, mas 61% garantem que vão sofrer quando os filhos forem embora de casa. Mais da metade das mães (56%) também admitem que é muito difícil dizer não aos filhos e 44% reconhecem que eles influenciam na hora das compras.

11 maio, 2012

Sugestão de Leitura

Apresento três textos como sugestão de leitura para melhor compreendermos a leitura que muitas de nossas Igrejas propõe para este final de semana, o evangelho de João 15,9-17.

A minha e a todas as Mães

Pai, tu, sendo Deus, quiseste mostrar entre nós tua face materna...
Por isso criaste todas as mães!
Peço-te por todas as mães,
sinal concreto e visível de teu amor entre nós.
Multiplicai os seus dias  em nosso meio!
Acompanha-a em todo riso e em toda lágrima,
todo trabalho e toda prece, todo dia e toda noite!
Que tua bênção cubra de luz a vida de todas as mães para que,
inundada de ti, elas sejam sempre mais
Sua presença em nossas vidas.
Amém!

No aniversário de Maringá, uma reflexão sobre a tolerância

Por Dom Anuar Battisti
Quando eu era criança, ocasionalmente minha mãe gostava de fazer um lanche, tipo café da manhã, na hora do jantar. E eu me recordo especialmente de uma noite, quando ela fez um lanche desses, depois de um dia de trabalho muito duro.
Naquela noite, minha mãe pôs um prato de ovos, linguiça e torradas queimadas em frente do meu pai. Eu me lembro de ter esperado um pouco para ver se alguém notava o fato. Tudo o que meu pai fez foi pegar a sua torrada, sorrir para minha mãe e me perguntar como tinha sido o meu dia na escola. Eu não me lembro do que respondi, mas lembro-me de ter olhado para ele lambuzando a torrada com manteiga e geléia e engolindo cada bocado.
Quando eu saí da mesa naquela noite, ouvi minha mãe se desculpando por haver queimado a torrada. E eu nunca esquecerei o que ele disse: “Adorei a torrada queimada...”.
Mais tarde, quando fui dar um beijo de boa noite em meu pai, eu lhe perguntei se ele tinha realmente gostado da torrada queimada. Ele me envolveu em seus braços e me disse:...continue lendo...

Aos atuais vereadores de Maringá e aos que pretendem continuar sendo

Dom Hélder Câmara dizia que:
“Quando se sonha só, é apenas um sonho, mas quando se sonha com muitos, já é realidade. A utopia partilhada é a mola da história”.

Muitos de vocês acreditam que o povo está dormindo e que aceita qualquer coisa – não é verdade. Finalmente o povo está tomando consciência do nível de imoralidade de seus parlamentares, e muito de vocês, que em vez de exercer o mandado em favor do bem comum, usa em favor próprio, num futuro muito próximo, verá que para vocês não mais haverá espaço na política. A utopia partilhada é a mola da história.

“supersalários” de prefeito e vereadores é aprovado em Maringá

"Ai de vós,... hipócritas!... vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade."(Mt 23:27-28)

Os projetos da Comissão de Finanças e Orçamento que previam a redução dos subsídios dos vereadores, secretários, prefeito e vice que assumirão a partir de 2013 não foram aprovados na sessão de ontem (10) na Câmara de Vereadores de Maringá. Recebeu sete votos favoráveis e outros sete contrários.
O reajuste aprovado em novembro do ano passado e que estabelece um aumento de quase 90% no salário dos vereadores foi mantido, elevando os salários dos atuais R$ 6,3 mil para quase R$ 12 mil. Para os secretários municipais, o vice-prefeito e o prefeito, o salário passará de R$ 17,3 mil para R$ 25 mil (elevação de 44%).
Votaram a favor da redução do “supersalário” para vereador, prefeito, vice e secretário os vereadores Humberto Henrique (PT), Mário Verri (PT), Carlos Eduardo Saboia (PMN), Márcia Socreppa (PSDB), Marly Martin (PPL), Flávio Vicente (PSDB) e Belino Bravin (PP).
Votaram contra a redução os vereadores Heine Macieira (PP), Paulo Soni (PSB), Wellington Andrade (PRP), Luiz do Postinho (PRP), Manoel Sobrinho (PCdoB), Aparecido Regini ‘Zebrão’ (PP) e John Alves (PMDB). Vergonhosament o presidente Mário Hossokawa, não votou.

A vontade da população colocada embaixo do tapete

Por Pualo Vidigal
Meu comentário: Alguns vereadores parecem acreditar que o eleitor não tem memória. De fato muitas pessoas não estão nem aí para nada. Pensam que as coisas são assim mesmo e pronto. Não se preocupam em acompanhar o que acontece na política de sua cidade. Essa postura acaba contribuindo para que as coisas continuem do jeito que estão. Aqueles políticos que não tem nenhum comprometimento com a coisa pública estão plenamente satisfeitos com isso. Devem estar comemorando o dia de hoje. O dia em que mais uma vez a vontade da população foi colocada embaixo do tapete...

Sobre o aumento do salário aprovado pela Câmara de Vereadores de Maringá

De Messias Mendes
De nada adiantaram os protestos da sociedade. A Câmara Municipal de Maringá manteve em R$ 12 mil o salário dos vereadores a serem eleitos no próximo mês de outubro. O sucessor de Silvio Barros II ganhará R$ 25 mil. Sabe o que eu acho? Isso não é o mais relevante. Os vereadores têm que ser avaliados pelo que fazem e não pelo salário que recebem, embora seja mesmo uma imoralidade jogarem nas nuvens os próprios ganhos. Tem vereador que merece cada centavo e tem vereador que pagando para exercer o mandato ainda sai caro para a cidade. O importante agora não é a grita contra os salários, nem dos vereadores, nem dos secretários municipais, nem do prefeito e nem do vice. O que esses grupos que se mobilizaram pela redução precisam fazer é uma campanha de esclarecimento a favor da melhor qualificação da próxima legislatura. Essa, cá pra nós, é a pior que Maringá já teve. Ressalte-se, a bem da verdade, que no quadro atual de vereadores existem exceções, mas pouquíssimas.

10 maio, 2012

Terço na Praça 2012




O Conselho Missionário da Arquidiocese de Maringá, promove tradicionalmente há 9 anos “O Terço na Praça”, em honra a Nossa Senhora de Fátima, recordando sua aparição em Fátima, Portugal. O evento será realizado no dia 11 de maio na Praça Raposo Tavares, às 18 horas, no centro de Maringá. “O Terço na Praça” leva à Evangelização às ruas durante o dia todo e conta com a participação de várias equipes da Igreja, renova a fé e esperança no coração de todos. 

Lar Escola completa 49 anos

Diferença entre salário mínimo real e o "ideal" é a menor da história

O salário mínimo nacional nunca esteve tão próximo do salário considerado ideal pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), que é de R$ 2.329,35. Esse valor é 2,7 vezes maior que o salário mínimo vigente (R$ 622) - a menor relação verificada na série histórica. No fim do ano passado, ele era 3,3 vezes maior. E, em 1994, quando o Plano Real entrou em vigor, era 8,1 vezes maior.
O salário mínimo que atende as necessidades do trabalhador é estipulado pelo Dieese levando em consideração o preço de itens básicos de alimentação, como arroz, feijão, carne, farinha e leite, moradia, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social. Os valores levam em conta as necessidades de uma família de dois adultos e duas crianças, considerando que o trabalhador deve sustentar essa família apenas com o seu salário. "Como hoje quase metade da força de trabalho é feminina, esse valor ideal pode ser dividido por dois [marido e mulher] de uma mesma família", explica José Maurício Soares, coordenador da Pesquisa Nacional da Cesta Básica, do Dieese, que contempla o indicador de salário. Aqui mais informações. A reportagem  é de Carlos Giffoni e publicada pelo jornal Valor