29 janeiro, 2015

Em 2015, Arquidiocese de Maringá intensifica coleta de assinaturas pela reforma política

Do site da Arquidiocese de Maringá

Centenas de folhas com assinaturas pedindo a reforma política no Brasil já estão na Cúria Metropolitana de Maringá. Nos próximos meses as fichas serão encaminhadas à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) em Brasília, dentro da mobilização nacional para contribuir com o Projeto de Lei de iniciativa popular da reforma política, encabeçado pela CNBB, OAB e dezenas de outras entidades.


Veja vídeo produzido pela Arquidiocese de Maringá sobre a campanha pela reforma política

Paróquias, movimentos e pastorais estão coletando assinaturas. O formulário está disponível no site da coalizão democrática. Depois de preenchidos, os formulários deverão ser encaminhados à Cúria Metropolitana de Maringá.

CF 2015
A temática da Campanha da Fraternidade (CF) 2015 deverá motivar ainda mais as comunidades a coletarem assinaturas para o projeto de reforma política. O tema da CF será “Fraternidade: Igreja e Sociedade” e o lema “Eu vim para servir” (cf. Mc 10, 45). A CF 2015 buscará recordar a vocação e missão de todo o cristão e das comunidades de fé, a partir do diálogo e colaboração entre Igreja e Sociedade, propostos pelo Concílio Ecumênico Vaticano II.

Pedido de solidariedade e providencias junto ao Governador do Parana, Beto Richa

Estimados amigos e amigas do MST
 
Desde julho de 2014  há um grande acampamento na região de Laranjeiras do Sul- oeste do Parana, pressionando pela desapropriação de uma area de mais de 20 mil ha, da empresa ARAUPEL,  que utiliza muito mal,  apenas para o monocultivo de pinus.
 
No acampamento estão mais de 2500 familias.  (vejam noticias aquiaqui

Estranhamente, depois das eleições algumas lideranças da região começaram a receber ameaças  de morte, veladas e publicas. Corre boatos na regiao da existencia de pistoleiros contratados (por quem?)  para executar as lideranças.
Em particular  nosso companheiro ANTONIO MIRANDA,  dirigente nacional do MST e residente na regiao, vem sofrendo ameaças.
 
Essas denuncias foram relatadas na Policia Civil, em  dezembro/14 e posteriomente em depoimento ao Ministerio Publico, em janeiro/15.  Conferem aqui
 
Na ultima semana outros fatos trágicos aconteceram, quando um  grupo de pistoleiros sequestrou uma familia inteira de camponeses assentados, proximos ao acampamento e que davam apoio aos acampados.  Sexta feira foram encontrados os corpos desfigurados.  E ate agora nao há pistas dos autores.
 
Diante de tudo isso, pedimos encarecidamente, que cada um de voces escreva, urgentemente para
 
O governador  Beto Richa, pedindo providencias, para a Policia  esclareça as ameaças de morte as lideranças e os autores da chacina.
 
Escrevam para o governador  a/c de  hamilton serighelli.   assessor do governador para assuntosde conflitods agrarios no estado:
 
E por favor coloquem com copia, com nossos advogados da regiao.  CAMILO BERNARDO

Muito obrigado pela solidariedade[

atenciosamente
 
Setor de direitos humanos do MST  nacional

26 janeiro, 2015

Arquidiocese de Maringá promove capacitação para a Campanha da Fraternidade 2015.

A Arquidiocese de Maringá já iniciou as formações para a Campanha da Fraternidade (CF) 2015 que terá como tema “Fraternidade: Igreja e Sociedade” e lema “Eu vim para servir” (cf. Mc 10, 45). A CF 2015 buscará recordar a vocação e missão de todo o cristão e das comunidades de fé, a partir do diálogo e colaboração entre Igreja e Sociedade, propostos pelo Concílio Ecumênico Vaticano II.

As formações estão sendo feitas nas Regiões Pastorais. A primeira foi realizada domingo, 25 de janeiro, na paróquia Nossa Senhora de Lourdes em Paranacity, Região Pastoral Paranacity,

Confira a agenda das próximas reuniões de capacitação da CF 2015:

Dia 30 de janeiro às 20h – Paróquia Santa Joaquina de Vedruna em Maringá – Região Pastoral Santa Cruz.

Dia 31 de janeiro às 14h – Paróquia São José Operário em Maringá – Região Pastoral São José Operário.

Dia 07 de fevereiro às 14h30 – Paróquia Nossa Senhora de Lourdes e São Judas Tadeu em Maringá – Região Pastoral Nossa Senhora Aparecida.

Dia 09 de fevereiro às 20h – Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe em Maringá – Região Pastoral Catedral.

Dia 12 de fevereiro às 19h30 – Paróquia São João Batista em Jandaia do Sul – Região Pastoral Jandaia do Sul.

Dia 13 de fevereiro às 20h – Paróquia Imaculada Conceição em Floraí – Região Pastoral Castelo Branco.

Fonte: site da Arquidiocese de Maringá

Na América Latina, 30,8% das mulheres não têm renda própria, aponta ONU

A agenda de desenvolvimento pós-2015 deve incluir a igualdade de gênero, não só como um objetivo específico, mas com uma perspectiva transversal que aumente a capacitação econômica das mulheres, destacaram os participantes de um encontro realizado na sede da Comissão Econômica para a America Latina e o Caribe (CEPAL) da ONU, em Santiago, no Chile, na segunda-feira (12).

O diálogo “Desafios para a igualdade. O empoderamento econômico das mulheres na agenda de desenvolvimento pós-2015: a construção de novas respostas para a América Latina e a Europa” reuniu representantes dos governos do Chile e Noruega e da CEPAL para compartilhar ideias e experiências, bem como discutir propostas para a nova agenda que entra em vigor este ano.

Segundo o diretor da Divisão de Planejamento de Programas e Operações da CEPAL, Raúl Gárcia-Buchaca, uma em cada três mulheres na América Latina, cerca de 30,8% do total, não tem renda própria. Deste total, 51,6% das mulheres afirmaram que isto ocorre por ter que cuidar das tarefas domésticas. Além disso, para cada 100 homens que vivem na pobreza, há 117 mulheres.

Sobre esta situação, a diretora da Divisão de Assuntos de Gênero da CEPAL, Sonia Montaño, disse que é necessário que haja uma distribuição equitativa das tarefas domésticas e uma redistribuição dos benefícios de proteção social para garantir a igualdade de gênero em todos os âmbitos da vida.

Fonte: Fonte: Nações Unidas no Brasil / CARITAS



21 janeiro, 2015

Crescimento da população mundial diminui gravemente de ritmo

Dados do Observatório de Bioética da Universidade Católica de Valência

De dois em dois anos, a ONU publica o relatório World Population Prospect, em que aborda o crescimento da população mundial e em países individualizados, bem como os índices de fertilidade, mortalidade e migrações.

Em julho de 2014, foram publicadas projeções demográficas para países individuais até o ano de 2100, além de uma projeção do crescimento demográfico mundial.

A análise mostra que a população mundial pode aumentar dos 7,2 bilhões atuais para 9,6 bilhões em 2050 e para 10,9 bilhões em 2100, o que indica que o crescimento da população mundial será refreado neste século.

Os dados contradizem com clareza várias projeções demográficas anteriores, já que o crescimento será menor do que as Nações Unidas tinham sugerido em outros relatórios, mesmo com o crescimento demográfico que ainda se projeta para a África.

Uma das principais consequências dessas mudanças demográficas é que o índice de pessoas em idade produtiva e de pessoas idosas sem opção de trabalhar diminuirá substancialmente em todos os países, inclusive naqueles que, hoje, têm elevada porcentagem de população jovem. Este desequilíbrio populacional pode ser avaliado mediante o índice de pessoas de 20 a 64 anos dividido pelo número de pessoas de 65 anos ou mais. No momento atual, o país com índice mais baixo é o Japão, com 2,6. Na Alemanha é de 2,9, mas deverá diminuir para 1,7 em 2035 e para 1,4 no final do século. Nos Estados Unidos, é hoje de 4,6, mas poderá cair para 1,9 em 2100. Na China, é de 7,8 e descerá para 1,8 no final do século. No Brasil é agora de 8,6, mas também diminuirá no ano de 2100 para 1,5. E na Índia, o índice atual de 10,9 diminuirá para 2,3 no fim do século. O único país do mundo que em 2100 terá um índice acima de 3 será provavelmente a Nigéria, mas a sua diminuição também será muito grande, já que o índice atual é de 15,8 (Science 346; 2034-2037, 2014).

As mudanças demográficas aqui comentadas, especialmente no tocante ao envelhecimento da população mundial, implicarão sérios problemas sociológicos, entre os quais a dificuldade de manter o pagamento das aposentadorias em sociedades tão envelhecidas.

Fonte: Zenit.org

KenarikBoujikian: Katia Abreu atua com má-fé


Fonte: CEBI

Não é nenhuma novidade. Kátia Abreu, a nova ministra da Agricultura do governo Dilma Rousseff, é contra o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), a reforma agrária e a favor da PEC 215 (transfere do Executivo para o Legislativo a homologação da demarcação das terras indígenas).

Tanto que, no final de novembro de 2014, diante dos rumores de ela iria para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), intelectuais fizeram um manifesto contra a sua possível indicação. Não adiantou.

Mantido o seu nome, esperava-se que, na condição de ministra, ela talvez pudesse ser mais criteriosa. Ficou na esperança. Em entrevista à Folha de S. Paulo nessa segunda-feira 5, ela falou como jagunço do agronegócio.

“Katia Abreu representa o que de mais atrasado se pode ter na política agrária”, afirma a magistrada KenarikBoujikian. “Ela ocupa este ministério para um fim específico: a defesa do latifúndio e do agronegócio, passando por cima dos direitos dos povos indígenas, dos trabalhadores da terra e do povo brasileiro.”

“Kátia Abreu foi inescrupulosa, na medida em que, deliberadamente, pretendeu distorcer a realidade do país”, acusa a magistrada. “Ela demonstrou total desrespeito à nossa história, ao povo brasileiro e à  Constituição Federal.”

“Deve achar que todos nós somos gados e ela pode dizer as bobagens e as mentiras  que quiser e todos, passivamente, acreditarão”, condena. “Não é  possível aceitar que um ministro de Estado atue com tanta má-fé.”

Kátia Abreu é senadora pelo PMDB  do Tocantins e, há cerca de 6 anos, presidente da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Ela foi a primeira mulher a assumir a presidência da entidade. Foi ainda a primeira mulher a ser escolhida para presidir a bancada ruralista no noCongresso .

KenarikBoujikian é desembargadora do Tribunal de Justiça de São Paulo e cofundadora da Associação Juízes para a Democracia (AJD). É a juíza que condenou o ex-médico Roger Abdelmassih a 286 anos de prisão por estupro de suas pacientes.

Em entrevista ao Viomundo, KenarikBoujikian faz uma análise das declarações de Kátia Abreu à Folha.

Clique AQUI e confira a íntegra 

20 janeiro, 2015

11º Encontro Nacional da Pastoral da Juventude (ENPJ)

A arquidiocese de Manaus recebe até o dia 25 de janeiro o 11º Encontro Nacional da Pastoral da Juventude (ENPJ). No domingo, dia 18, aconteceu a missa de abertura do evento. Na ocasião estiveram presentes cerca de 4 mil pessoas na missa presidida pelo arcebispo de Manaus (AM), dom Sérgio Eduardo Castriani, e concelebrada pelo bispo auxiliar de Campo Grande (MS) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB, dom Eduardo Pinheiro da Silva, além de outros bispos da região e diversos padres.
O encontro tem como tema “No Encontro das águas, partilhamos a vida, o pão e a utopia!” e a iluminação bíblica recorda o evangelho do último domingo “Mestre, onde moras? Vinde e vede!” (Jo 1,38b-39a). Em sua homilia, dom Eduardo Pinheiro ressaltou a missão e vocação da juventude na defesa e anúncio da vida. “O apelo de Jesus aos discípulos de seguimento é o mesmo que se faz à PJ hoje”, resumiu. Continue lendo Aqui

III Encontrão das CEBs Paróquia Nossa Senhora da Liberdade - Maringá-Pr

15 janeiro, 2015

Livro "Ide e anunciai sem medo - Como falar em público"


Jesus deu a Seus discípulos uma ordem clara e precisa: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai a Boa-Nova a toda criatura” (Mc 16,15). Hoje essa ordem se estende a todos nós, e precisamos cumpri-la com esmero, sem medo, mesmo que isso exija de nós uma exposição pública.

Conheça a obra de Everton Barbosa que concentra-se não somente em técnicas de discurso – como a dicção e a postura –, mas também na preparação espiritual, que envolve a oração e a confiança no Senhor e que é, afinal, imprescindível para um bom comunicador da Palavra.

Sobre o autor

É jornalista, assessor e imprensa da Arquidiocese de Maringá (PR) e apresentador do programa “CBN Conhecimento” na CBN Maringá. Especialista em Teologia Bíblica pela PUC (PR), participou da produção de documentários com o Coral Arquidiocesano de Maringá em Israel, Palestina, Itália, Vaticano e Portugal. Autor do livro e documentário Jaime: Uma história de fé e empreendedorismo, sobre a vida do primeiro Arcebispo de Maringá,Dom Jaime Luiz Coelho, e colaborador do livro Palavras de um amigo, do Arcebispo de Maringá Dom Anuar Battisti. 
Foi ganhador de vários prêmios de jornalismo, entre eles Ayrton Senna 2010, SEBRAE 2011 e 2008 e SENAI 2009.

Acesse a Loja Virtual Canção Nova e adquira o seu exemplar.


14 janeiro, 2015

Paróquia Nossa Senhora da Liberdade - III Encontrão das CEBs

VEM AÍ
III ENCONTRÃO DAS CEBs

Em sua 3ª edição o Encontrão das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) da Paróquia Nossa Senhora da Liberdade, Arquidiocese de Maringá,  reunirá as lideranças da paróquia no dia 30 de janeiro de 2015, na Capela São Vicente de Paulo, antigo CPS.

Com o tema “Deixe um sinal de alegria por onde passar!” e o Lema “Não devemos ter medo da bondade e da ternura” (Papa Francisco).

A temática escolhida para a esta edição procura sensibilizar as lideranças quanto à importância da bondade e ternura na integração da acolhida, espiritualidade e alegria.

Interessante ver como cada um que se achega a nós ou vamos até ele um traz uma história, chega de um jeito, seja um sorriso, uma lágrima, uma reclamação, um olhar de desatenção, ou mesmo de desprezo. É preciso acolher as pessoas e ajudar a encontrar caminhos. É um desafio acolher as pessoas como Jesus faria.

Cada vez mais percebemos a importância da espiritualidade na dimensão do ser humano. Espiritualidade pode ser definida como aquilo que traz significado e propósito à vida das pessoas; é o discernimento em ação; é a valorização da vida e de todos os aprendizados; é sentir a vida que pulsa em todas as coisas; é respeitar a si mesmo, para respeitar o próximo e a natureza. É preciso proporcionar momentos que nos levam a estimular nossa espiritualidade.

A alegria contagia. É preciso levar a vida com mais leveza. Claro que nem tudo depende de nós mesmos, mas também da relação que temos com o mundo e com as outras pessoas. Por isso é importante alimentarmos diariamente o nosso bom humor, cantar, dançar, brincar com quem quer que seja. É preciso querer ser alegre. É preciso espalhar alegria. Certamente têm muitas pessoas que estão precisando aprender a sorrir.

Nesta noite também haverá Celebração do Envio de todas as lideranças para os trabalhos pastorais de 2015.

O Encontrão das CEBs da Paróquia Nossa Senhora da Liberdade é idealizado com a intenção de proporcionar um espaço diferente e gostoso de formação, descontração e confraternização. Isso se faz necessário. É preciso criar laços fraternos entre as lideranças e capacitá-las, mas a rotina acelerada do dia a dia gera cansaço e estresse. Por ser preocupante levar o nosso povo para uma formação no estilo tradicional, daí então surge a ideia de fazer um encontro proporcionado formação, descontração e confraternização de forma dinâmica e criativa.

Lucimar Moreira Bueno (Lucia)
Coordenadora Paroquial das CEBs


III Encontrão das CEBs
Assessores: Pe. Dirceu Alves do Nascimento e Lucimar Moreira Bueno (Lucia)
Tema: Deixe um sinal de alegria por onde passar!
Lema; “Não devemos ter medo da bondade e da ternura” (Papa Francisco)
Público: Todas as lideranças da paróquia
Dia: 30/01/2015 – sexta-feira
Horário: das 20h00 às 22h00
Local: Capela São Vicente de Paulo (antigo CPS)


Programação:

- 20h00   as  20h20
Acolhida – espiritualidade no ambiente de chegada – bate papo

- 20h20   as  20h40
Mística

- 20h40   as  20h50
Dança

- 20h50   as  21h20
Fala do padre – pequenos grupos – partilha

- 21h20   as  21h40
Celebração – benção de envio

- 21h40   as  22h00
Lanchinho


09 janeiro, 2015

Reunião da Equipe Ampliada das CEBs em preparação ao 14º Intereclesial das CEBs



Representantes dos regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), participarão da  Reunião Ampliada Nacional das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), que se realizará entre os dias 21 e 25 de janeiro na Casa de Retiros Emaús, cidade de Londrina-Pr, em preparação ao 14º Intereclesial das CEBs.

A cidade de Londrina (Pr), será cenário do 14º Intereclesial das CEBs, no ano de 2018. A Arquidiocese de Londrina será terra de partilha e construção desse lindo momento. As CEBs são rede de comunidade a serviço da vida, com um olhar especial para as comunidades urbanas, que tanto clamam por inclusão, por direitos e por justiça.

O Intereclesial é um encontro que reúne os representantes das Comunidade Eclesiais de Base (CEBs) vindos de todas as partes do Brasil, da América Latina e até do mundo. Os representantes das CEBs encontram-se periodicamente para celebrar e avaliar sua caminhada. Esse fato representa uma oportunidade de envolver e integrar as dioceses do País e representantes de outras igrejas. Além disso, os Intereclesiais cumprem a finalidade de ser memória viva da caminhada da Igreja.

Veja como chegar

07 janeiro, 2015

11 fotos que os pais não devem publicar nas redes sociais!

Que tipos de imagens devemos ter cuidado em postar nas redes sociais?
Nos dias atuais, as redes sociais estão cada vez mais presentes em nossas vidas. muitos comprometem até a seguranças de seus filhos.
Vejam aqui as fotos que os pais não devem publicar nas redes sociais.

04 janeiro, 2015

Os pequenos gestos

Os pequenos gestos

Como um simples gesto de um olhar; de um sorriso; um abraço; de um bom dia; como você esta; pode resgatar vidas, resgatar amizade, resgatar quem está afastado da comunidade.

Os pequenos gestos são tão cheios da graça de Deus que ao mesmo tempo, que você dá você recebe, e quem os pratica tem uma grande probabilidade de não cair no fechamento em si mesmo, que parece estar na moda dentro desse clima de pós-modernidade.

O individualismo toma conta e com ele, o que tem importância se fecha no “eu” e no que dá "prazer", levando ao esquecimento da outra e do outro, ao esquecimento do próximo, até mesmo de quem tem importância, é merecedora do gesto amigo, daquela pessoa que ocupa um espaço especial no pensamento e no coração, más pelo fechamento em si mesmo e no que dá prazer, essas pessoas acaba ficando em segundo plano, naquele se dá tempo,  esquecendo que, para se realizar algo, o tempo quem faz somos nós.

A falta de humildade e o individualismo impede á prática do pequeno gesto fraterno e amigo. É preciso reconhecer em todas as dimensões que não existe diferença, todas e todos, é povo de Deus.

O papa Francisco, na Missa do Galo pediu para responder com “ternura” e “doçura” às situações mais duras do mundo.

“Temos a coragem de acolher com ternura as situações difíceis e os problemas de quem está ao nosso lado, ou preferimos soluções impessoais, talvez eficazes, mas sem o calor do Evangelho?”, questionou o papa duranta a homília.


Lucimar Moreira Bueno (Lucia)

01 janeiro, 2015

Íntegra do discurso de posse de Dilma Rousseff


A presidenta Dilma Rousseff tomou posse para seu segundo mandato (2015 - 2018),  nesta quinta-feira, dia 1º de janeiro de 2015.
Leia AQUI a íntegra do discurso feito no Congresso Nacional.

Depende de nós!


FELIZ 2015